Você provavelmente já ouviu falar do coletor menstrual. Mas você sabe para que serve, ou como usar o coletor feminino?

Além de ser muito benéfico para a saúde, o coletor menstrual tem muitas vantagens quando comparado aos absorventes descartáveis para a proteção do meio ambiente. 

Para que serve o coletor menstrual? Características do coletor feminino

Também conhecido como “copinho”, ao contrário dos absorventes comuns, o coletor pode ser usado várias vezes, sendo feito de silicone medicinal hipoalergênico que não causa alergias.

Um “copinho” tem a durabilidade de cinco a dez anos e é uma ótima vantagem para a economia financeira da mulher, além de causar menos danos à natureza. Vale lembrar que os homens trans que menstruam também podem se beneficiar do uso do coletor menstrual. 

Quais são as vantagens do coletor menstrual para a saúde?

Os absorventes comuns possuem adição de substâncias químicas que podem fazer mal à saúde diferentemente do coletor menstrual que é produzido com material hipoalergênico.

Por ser inserido dentro do canal vaginal, não existe contato com a umidade do sangue que pode causar proliferação de bactérias. No entanto, mesmo com baixo risco de infecções, é necessário seguir todas as recomendações de uso para evitar, inclusive, a síndrome do choque tóxico.

Além disso, como o sangue não entra em contato com o ar, não há odor. Isso mesmo, a menstruação não tem cheiro. O mau odor acontece quando o sangue entra em contato com o ar, provocando uma coagulação que pode gerar um cheiro desagradável.

O problema dos absorventes comuns para o meio ambiente

O problema dos absorventes comuns já começa com a própria matéria-prima utilizada para a fabricação como o plástico e a celulose. 

coletor menstrual

O plástico cria resíduos que podem ocasionar danos ao meio ambiente por muitos anos, já a celulose precisa ser fiscalizada para que seja extraída de madeira certificada (sustentável). 

Outra matéria-prima usada é o algodão, que também tem grande impacto para o meio ambiente, pois o seu cultivo utiliza muita água, fertilizantes e pesticidas. 

Além disso, descartar o produto no lixo ou no vaso sanitário traz vários impactos para a natureza: um absorvente descartável pode demorar até 100 anos para se decompor, além de contaminar o ambiente por conter substâncias químicas. E quando descartado no vaso sanitário pode chegar até os rios e oceanos, além de ser ingerido por animais.

Tem dúvidas de como usar o coletor menstrual? Siga as dicas!

O primeiro passo para utilizar o coletor menstrual é esterilizá-lo. Isso pode ser feito em uma “panelinha” própria para coletores, em muitos casos já comercializadas junto com o produto. Basta colocar em água fervente por cinco minutos. O tempo pode variar conforme orientação do fabricante. 

Se não for possível ferver o coletor menstrual, existem outras alternativas como pastilhas de esterilização, por exemplo. Use conforme as instruções da embalagem e observe se há necessidade de enxague.

Para inserir o coletor menstrual dentro da vagina, existem vários tipos de dobras. Você pode fazer um teste e escolher a que mais se adequa ao seu perfil. Os tipos mais conhecidos são a dobra em C e a punch down. Antes de inserir o coletor, sempre lave bem as mãos. 

Escolha uma posição para inserir o coletor. As posições mais indicadas são: cócoras, em pé com os joelhos afastados ou com uma das pernas levantadas (em cima do vaso sanitário, por exemplo). Cada usuário(a) deve escolher a posição mais confortável. 

Como usar o coletor durante a menstruação

Durante a menstruação, é preciso esvaziar o “copinho” a cada 6 a 12 horas de acordo com o fluxo menstrual. No período de adaptação, cada pessoa irá avaliar o tempo que o coletor demora para encher.

O coletor pode ser utilizado continuamente até 12 horas. Após esse período é necessário fazer a higienização para que ele seja introduzido novamente.

Nunca puxe o coletor menstrual para não causar dor, primeiro retire o vácuo pinçando levemente sua base. Posteriormente, descarte o sangue e limpe o coletor com água corrente e sabão neutro. 

Se estiver em um banheiro público, a limpeza pode ser realizada com papel higiênico, lenços umedecidos neutros ou garrafinha com água. Depois, é só inserir o coletor novamente e lavá-lo adequadamente assim que for possível. Lembre-se sempre de lavar as mãos quando for manusear o coletor menstrual.

Ao terminar o ciclo menstrual, faça a esterilização e guarde o coletor em sua própria sacolinha. Deixe armazenado em um local limpo e seco até a próxima menstruação. 

O coletor menstrual e o empoderamento feminino

Diante de tantas vantagens, fica difícil não começar a utilizar o coletor menstrual. As mulheres estão conhecendo cada vez mais o próprio corpo. Com o uso do coletor menstrual, novos métodos e produtos, é possível saber muito mais sobre a própria menstruação e ter mais liberdade “naqueles dias”. 

Além de favorecer a saúde, os novos produtos como calcinhas absorventes, coletores menstruais e absorventes de pano causam muito menos danos ao meio ambiente. Assim, já é hora de mudar nossos velhos hábitos em uma geração em que não é mais possível não se preocupar com o futuro do meio ambiente. 

Deixe um comentário

Skip to content