Autoestima elevada, amor próprio garantido, ser quem você é independente de estereótipo ou até mesmo criar um novo novo jeito de ser sempre que desejar sem referências externas. Essas são apenas algumas das são características do empoderamento feminino.

Porém, o que é empoderar-se de fato? Qual o verdadeiro significado de empoderamento feminino?

Segundo Heloísa Capelas, empresária, palestrante e uma das maiores especialistas em autoconhecimento e inteligência comportamental do país, ao ouvir a palavra poder, logo se pensa em autoridade, em imposição de nossas vontades sobre os outros, em sermos melhores que os outros. Mas, ao falar de empoderamento feminino, a ideia é despertar a consciência das pessoas para outra coisa, que nada tem a ver com o velho conceito de poder.

O significado de empoderamento feminino

“A melhor e mais precisa definição para empoderamento feminino está no sentido de fazer com que nós, mulheres, nos apropriemos da expressão EU POSSO, ou seja, empoderamento feminino deve ser sinônimo de se sentir CAPAZ”, adiciona a especialista que também é autora dos livros O Mapa da Felicidade Perdão, a revolução que falta,  best seller na área de autoconhecimento.

Empoderamento Feminino: Livro - Perdão, A Revolução que Falta
Livro: Perdão, a revolução que falta – best seller na área de autoconhecimento

Como trabalhar o empoderamento feminino: empodere-se!

Heloísa explica que o empoderamento feminino é fundamental, pois, durante muito tempo, as mulheres foram consideradas segunda categoria. Foram vistas e tratadas como pessoas fracas, que só podiam fazer serviços menos importantes. Eram responsáveis pelo lar, com seu filhos, animais, alimentação entre outros. Hoje, as mulheres ocuparam o espaço público e, ainda, continuam com suas tarefas domésticas, exercendo vários papéis.

“Isso significa que a mulher PODE estar no comando de sua vida e escolhendo, organizando e completando as tarefas que quiser. A mulher empoderada amplia as suas possibilidades de exercer e de ser quem ela, em qualquer lugar que escolher, seja no público ou no privado. Aos homens foi dado o exercício de construir o mundo e eles determinaram o que podiam fazer, bem como o que as mulheres também deveriam realizar. Agora, quem faz essa escolha é a própria mulher. O empoderamento é se apropriar do poder do PODE, da escolha, da conquista da individualidade e do desenvolvimento da competência de SER quem se É”.

Empoderamento feminino e feminismo

A palestrante ainda ressalta o quanto é imprescindível sair do paradigma do machismo, isto é, o homem é mais do que a mulher e, por isso, vem primeiro e tem privilégios. Mudar esse paradigma é um processo e, por isso, a necessidade das mulheres se empoderarem.

“O valor das pessoas independe de sexo, raça, religião, estado civil. Todos são iguais no poder, nas possibilidades, nos direitos, no entanto, cada um com o seu trabalho e seu diferencial. Se apropriar dessa verdade leva gerações inteiras”, complementa Capelas.

Girl power!

Empoderamento Feminino

Que tal empoderar-se cada dia mais? Siga as dicas da especialista e seja quem você quiser!

“Respire, olhe pra você, nem como vítima nem como algoz, apenas mulher. Suficientemente mulher, nem muito, nem pouco, nem grande, nem pequena, nem fraca, nem forte, nem mais, nem menos. Você, com o seu poder feminino de aconchego, cuidado, atenção e persistência. Precisamos sair do paradigma da guerra! Precisamos nos reconstruir como pessoas pacíficas e colaboradoras, e isso só a mulher pode fazer com o que ela já é. O que você precisa é descobrir e se apropriar disso. O mundo masculino é feito e criado pelos homens, por isso, esse é o momento de fazermos o nosso mundo, de trazermos o feminino com graça, beleza, ternura, delicadeza e força, muita força, a força da mulher”, finaliza Heloísa.

Deixe um comentário

Skip to content