Não é novidade que filmes e séries podem – e devem – ir muito além de entretenimento. São produções capazes de mexer com a emoção dos espectadores, expor críticas e propor reflexões poderosas e necessárias. É o caso de séries sobre diversidade, bullying, sexualidade ou discussões de gênero e etnias.

Esses assuntos “gritam” pela necessidade de serem discutidos: em uma pesquisa realizada pelas Nações Unidas com 100 mil crianças e jovens de 18 países, em média, metade deles já sofreu algum tipo de bullying por razões como aparência física, gênero, orientação sexual, etnia ou país de origem.

Felizmente, parece que cada vez mais as pessoas estão dispostas a discutir sobre isso, a aprender e refletir sobre algo que antes não era falado. As empresas estão de olho e, consequentemente, a indústria do entretenimento também, sendo uma aliada poderosa ao promover o aprendizado e a desconstrução de seus espectadores.

Pensando nisso, o d/propósito fez uma lista das melhores séries sobre diversidade, bullying, problemas sociais e muito mais (e a melhor parte: todas disponíveis na Netflix!).

Continue lendo e confira essas 3 produções que trouxemos, além de 2 bônus!

1. Série sobre bullying: 13 Reasons Why

Baseada no livro homônimo,  “13 Reasons Why” (Os 13 Porquês) fala não apenas sobre bullying, mas uma série de outros problemas como machismo, objetificação feminina, estupro, o papel da educação para os adolescentes e, principalmente, suicídio.

A série conta a história de Hannah Baker, uma adolescente que tirou a própria vida e, ao fazer isso, deixou para trás 13 gravações explicando os motivos de sua decisão.

Para quem assiste aos episódios, a reflexão é sobre o peso de nossas ações que, mesmo às vezes “pequenas”, quase corriqueiras, podem ser carregadas de problemáticas e afetar drasticamente a vida de uma pessoa.

No entanto, embora a produção original da Netflix tenha o objetivo de conscientizar, a série recebeu críticas sobre apresentar gatilhos e narrativas que poderiam não ser bem absorvidas por jovens com alguma predisposição à depressão, suicídio ou outros problemas.

Ainda assim, consideramos a série um bom conteúdo sobre bullying e outras questões importantes, podendo ser utilizada, inclusive, por pais e educadores para que identifiquem sinais de sofrimento agudo nos alunos, além do incentivo de construir um ambiente saudável dentro de casa, no círculo de amigos e nas escolas.


2. Série sobre machismo, bullying e mais: Degrassi

Assim como “13 Reasons Why”, Degrassi aborda problemas e questões sociais através da ótica adolescente.

Sem um “ponto central” tão enraizado, a série retrata a vida de alguns estudantes na cidade de Toronto e, em seu dia a dia, levanta temas como bullying, racismo, machismo e até questões de saúde mental e abusos de drogas e álcool entre os jovens e adultos.

No geral, Degrassi mostra essas questões de forma realista e natural (mais palpável e, talvez, próxima ao espectador do que a série anterior).


3. Série sobre racismo: Dear White People

Depois de 13 Reasons Why, não demorou muito para que a Netflix investisse em mais uma produção que trabalharia questões sociais importantes – abordando, desta vez, o racismo no cotidiano.

Em tempos de desconstrução, o racismo ainda é um problema que precisa ser conversado. Dentre os números de feminicídio, a porcentagem maior (54%) é da mulher negra, segundo dados do Mapa da Violência (elaborado pela Faculdade Latino-Americana de Estudos Sociais). No Brasil, de cada 100 pessoas assassinadas, 71 são negras.

Dear White People (Querida Pessoa Branca) retrata as dificuldades, opressões (nítidas ou não) e problemas sofridos por uma pessoa negra ao estudar em uma universidade majoritariamente branca. Colorismo, ocupação de espaços por parte dos negros e solidão da mulher negra são alguns dos temas trazidos pela série.

Embora tenha apenas uma temporada, a produção consegue tirar o espectador da zona de conforto e fazê-lo refletir sobre temas importantes e merece sua atenção por isso.


Bônus 1. Série sobre homofobia, bullying e diversidade: Glee

Com muita música e leveza, Glee propõe não chocar, mas sim, com até certo otimismo, mostrar que o “diferente” pode e deve ser respeitado.

É o tipo de série criada para que o espectador, possível alvo de algum problema como homofobia, bullying, gordofobia ou preconceito, consiga encontrar forças e, de alguma forma, entender que não está sozinho. Que não há nada de errado com ele e que, portanto, não há motivos para se esconder ou não se amar.

Mesmo sem estar disponível na Netflix (por isso entrou nesta lista como bônus), Glee é uma série sobre diversidade.


Bônus 2. Série sobre diversidade de gênero: Modern Family

Também não está disponível na Netflix, mas merece ser citada: Modern Family é uma das divertidas séries sobre diversidade de gênero.

Trazendo a história de três famílias que, de alguma forma, fazem parte de um único grande núcleo familiar, a sitcom debate de maneira leve questões que envolvem muitas “famílias modernas” da atualidade, como questões de gênero, adoção de crianças por pais homossexuais e também diversidade étnica.

Sem perder o bom humor, a série questiona os “padrões” familiares e faz ver, com naturalidade, que a diversidade está presente na sociedade nos mínimos detalhes.

E então, gostou da nossa lista?

Já você que ainda não assistiu a alguma dessas produções, pode preparar a sua maratona e a pipoca.

E, claro, se há outras séries sobre diversidade, bullying ou qualquer outro tema importante de ser discutido que você acha que faltou na nossa lista, não deixe de escrever nos comentários!

4 Comments

  • Avatar
    Beatriz
    Publicado 10 de agosto de 2019 08:58 0Likes

    Muito legal as sugestões, já assisti algumas e amei. Tem outra série que aborda esses temas: One day at a time

    • Redação d/propósito
      Redação d/propósito
      Publicado 19 de agosto de 2019 15:20 0Likes

      Obrigado, Beatriz!! Muito legal que você tenha gostado das sugestões. Sinta-se livre para sugerir outros conteúdos e participar de nosso portal 🙂

  • Avatar
    Aline
    Publicado 29 de setembro de 2019 00:08 0Likes

    Atypical e Anne With An e falam de assuntos sérios de forma mais leve, são maravilhosas
    Obs: Glee está disponível na Netflix 😉

Deixe um comentário

Skip to content