Após o Outubro Rosa, campanha mundial em conscientização do câncer de mama, novembro azul é o movimento que existe para reforçar a importância da prevenção do câncer de próstata. 

Embora a doença seja o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens brasileiros, muitos ainda negligenciam a importância de fazer os exames para prevenção e diagnóstico precoce (que, aliás, se identificado precocemente tem 90% de chances de cura, segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva – Inca).

Por isso a importância de falarmos, sempre, sobre porque e como tomar as medidas de prevenção.

Por isso a importância do Novembro Azul.

O que é o Novembro Azul?

O principal objetivo da campanha Novembro Azul é trazer um alerta para os altos índices de câncer de próstata, tal como conscientizar a fim de diminuir essa estatística.

Trata-se de uma campanha mundial a respeito da saúde do homem, incentivando a precaução para que haja o diagnóstico precoce e, assim, mais possibilidades de cura da doença.

Em 2019, o tema da campanha é “Seja Herói da Sua Saúde”.

Qual a origem do Novembro Azul?

Tudo começou em 2003, na Austrália, quando alguns amigos criaram a Movember Foundation, uma organização que buscava arrecadar fundos para pesquisar e auxiliar o tratamento do câncer de próstata.

Para chamar a atenção sobre a saúde masculina, 30 homens da fundação deixaram o bigode (que era moda na época) crescer. Conforme o passar dos anos, a campanha conquistou cada vez mais adeptos, até tornar-se mundial. 

Hoje, ela é feita em mais de 20 países.

Como o Novembro Azul surgiu no Brasil?

No Brasil, a campanha foi trazida em 2008 pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, juntamente com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). 

Além dos bigodes, aqui nós também encorajamos os homens e adeptos ao movimento à utilizarem a cor azul como símbolo da campanha – daí o nome “Novembro Azul”.

Entre as ações promovidas durante o mês, há a oferta de exames de próstata gratuitos, além da promoção de ações que levam informação às pessoas e profissionais.

E por que o Novembro Azul é importante?

A resposta para esta pergunta é simples e alarmante: o câncer de próstata é a causa de morte de quase 30% da população masculina que desenvolve tumores malignos.

Só no Brasil, a cada 38 minutos um homem morre pelo câncer de próstata, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

As maiores vítimas são homens a partir dos 50 anos e homens com genes propensos na família (parentes de primeiro grau que sofreram com a doença, como pai, irmão ou filho).

Mas, como já dissemos, quando o câncer de próstata é detectado ainda no início, suas chances de cura sobem para 90%. 

Com essa estatística otimista, por que os homens não se previnem? 

Os motivos são variados mas, quase sempre, está ligado à fatores de desinformação, negligência e até “estranheza” e preconceito quanto ao exame de toque.

Quando se deve fazer o exame de próstata?

Os exames mais indicados para avaliar a saúde da próstata são o toque retal e a análise sanguínea do PSA, que devem ser realizados todos os anos por todos os homens com mais de 50 anos de idade.

Quando são encontradas alterações nestes 2 exames, o médico pode solicitar outros, como a medição do jato de urina, ultrassonografia transretal, exame de urina PCA3, e a biópsia, que são solicitados de acordo com a necessidade de cada pessoa.

Dentre todos estes exames, o que mais “tira o sono” da população masculina, a ponto de deixarem de cuidar da saúde e prevenção, é o exame de toque. Porém, é importante frisar que trata-se de um exame muito rápido e indolor. 

Leva-se cerca de 1 minuto no total do exame, e não dói absolutamente nada.

Neste exame, o médico pode avaliar se a próstata parece maior ou mais dura do que deveria. 

Como diagnosticar o câncer de próstata?

Muitos homens acreditam que, se não há sintomas alarmantes para procurar um médico, não há motivos para realizar exames ou dispor tempo para a saúde, no geral.

Mas é aí que, infelizmente, muitos se enganam.

O câncer de próstata em estágio inicial geralmente não provoca sintomas, tornando mais difícil o diagnóstico. E, quando está em estágio avançado, muitas vezes as chances de curas são extremamente reduzidas.

Portanto, não tem jeito: de nada adianta ficar se “auto-diagnosticando” ou prestando atenção apenas à sintomas externos. Para detectar o câncer de próstata de forma precoce, é preciso estar sempre com os exames em dia.

Concluindo…

O Novembro Azul existe para levar informação e reforçar a conscientização a respeito do câncer de próstata e da saúde do homem, no geral. 

Você tem 50 anos ou mais? Esteja com seus exames em dia, cheque a saúde de sua próstata. 

O exame de toque retal é rápido e indolor. E pode salvar sua vida.

Deixe um comentário

Skip to content