conteúdo de marca

Para empreender, gerar renda e empregos para milhares de pessoas. Essas são apenas algumas das características do artesanato e mercado de trabalho – uma combinação com grande potencial de crescimento.

De acordo com dados do Sebrae*, o setor movimenta aproximadamente R$ 50 bilhões ao ano no Brasil e é responsável pela fonte de renda de ao menos 10 milhões de pessoas. 

Ionita Corrêa, gestora de marketing da Fitas Progresso, explica que o artesanato é uma profissão e classe que se destaca muito nos momentos de crise, possuindo extrema importância na vida das pessoas, especialmente daquelas que acabam perdendo sua fonte de renda, além de ser uma forma de complementar os ganhos ou até mesmo transformar o artesanato na principal fonte de sustento.

“Artesanato e mercado de trabalho é uma combinação inclusiva, ou seja, qualquer pessoa, independente de onde esteja ou de sua classe social, consegue atuar no setor para viver, manter sua família e evoluir”, complementa.

Artesanato e mercado de trabalho: a importância da capacitação profissional realizada pelas empresas

Ionita explica que as empresas precisam enxergar o quanto a capacitação gera a transformação das pessoas bem como da sociedade de uma maneira geral.

Ao proporcionar qualificação, existe a possibilidade de construir indivíduos melhores, oferecer a eles mais confiança, poder aquisitivo e conhecimento, fatores que os levarão a ter uma família mais estruturada assim como contribuir para o crescimento do país de maneira geral.

A gestora ainda ressalta a questão da potencialização do artesanato e mercado de trabalho, já que trabalhadores mais instruídos são capazes atender as demandas das empresas.

“Qualificar pessoas vai muito além de trazer benefícios financeiros para as marcas. Claro que, a partir do momento que você capacita uma pessoa para trabalhar com o seu produto, construindo uma relação de confiança e tornando-a um cliente, gera-se lucro.

Mas, estamos falando também do lado emotivo, o qual nasce assim que oferecemos uma oportunidade.

Ao participar da vida daquela pessoa, cria-se um laço emocional, que supera a concorrência. Assim, os ganhos são muito maiores do que simplesmente o lucro financeiro”, afirma a gestora de marketing da Fitas Progresso.

Fitas Progresso: transformando vidas com o artesanato

Artesanato e Mercado de Trabalho Fitas Progresso

Segundo Ionita, a Fitas Progresso sempre desempenhou um papel de protagonista no segmento têxtil, principalmente no ramo das fitas, assumindo a sua responsabilidade dentro do mercado. A

o longo de sua trajetória, manteve uma estreita relação com os clientes finais dos seus produtos. 

Porém, com o passar dos anos, identificou a necessidade de ter uma comunidade na qual as pessoas pudessem trocar informações sobre artesanato, aprender mais sobre o assunto, entender as novas tendências, saber mais sobre os fornecedores, onde comprar determinados tipos de materiais entre outros aspectos.

Assim, nasceu o Clube de Artesanato, um portal que tem como objetivo integrar a classe de artesãos no Brasil.

“A Fitas Progresso assumiu isso como uma bandeira, pois sempre entendeu que ações como essa fazia parte do seu papel para evolução do segmento de artesanato no país.

Desde que o Clube foi criado, sempre tivemos uma relação contínua com todos os usuários cadastrados.

Antigamente, distribuíamos revistas para todos os participantes. Agora, toda a capacitação é feita pelo portal, aplicativo e redes sociais”.

Além do portal, a Fitas Progresso também realiza ações de qualificação em shoppings, escolas e feiras. Inclusive, a empresa está participando essa semana da 13ª edição da Mega Artesanal, maior feira de artesanato do país.

Com uma programação completa e diversificada, a empresa está oferecendo na feira oficinas de produção e customização de produtos com fitas, capacitando mais de 4,5 mil artesãos. 

“Toda a nossa participação na feira é pensada para formar novos empreendedores no mercado de artesanato, tão rico e importante para o Brasil.

No ano passado capacitamos ao menos 2 mil artesãos e agora, nesta 13ª edição, iremos capacitar o dobro. Preparamos uma programação que traz as maiores tendências e técnicas no universo das fitas para mostrar a gama de possibilidades.

É um momento de aprender, trocar experiências e enxergar novas oportunidades”, conta Ionita.

As alternativas de uso vão desde aplicações na moda, decoração e customização, que poderão ser conferidas nos seis tipos de oficina ao longo das 36 aulas durante o evento.

Além das capacitações, que são gratuitas mediante retirada de senha, o público poderá conferir as maiores novidades do universo de fitas em um stand completamente decorado.

Com o tema ‘Jardim Encantado’, quem assina a decoração é a influenciadora digital e decoradora Ju Françozo.

Quer empreender no mercado de artesanato? Confira as dicas da gestora de marketing da Fitas Progresso

Artesanato e Mercado de Trabalho

Seja para empreender ou para quem já está atuando no artesanato e mercado de trabalho, Ionita ensina que é imprescindível compreender e acompanhar as tendências, sabendo identificar todas as fases (alta, maturação e decadência) aliado ao entendimento da vocação, pois não adianta a pessoa querer trabalhar com uma tendência se não tem dom para determinado trabalho, o que faz toda a diferença no mercado de artesanato.

“Ao atuar com algo que não se tem vocação para, a pessoa gastará mais horas de trabalho e não conseguirá entregar um produto de qualidade.

Entender o verdadeiro dom e aplicar um diferencial, fará com que o artesão se destaque no mercado, conseguindo uma lucratividade melhor e maior. Além disso, também ressalto a importância de saber se vender e de divulgar bem o trabalho. Não se esqueça: as redes sociais estão aí para isso. Quem não é visto, não é lembrado”, alerta Ionita. 

Serviço – Mega Artesanal

Quando: 2 a 7 de agosto 

Local: São Paulo Expo – Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – Água Funda – São Paulo/SP

Ingressos: R$ 24 (inteira) e R$ 12 (meia entrada)

Programação – Fitas Progresso na Mega Artesanal 

Palestras gratuitas no stand da Fitas Progresso 

Terça, 6 de agosto 

Das 10h às 18h

  • 10h15 às 11h15: Vlady – Caderno trançado com fitas
  • 11h30 às 12h30: Marcelo Darghan – Lembrancinha para o Dia dos Pais
  • 12h45 às 13h45: Chica Chicó – Laço infantil com fitas 
  • 14h às 15h: Carol Mayumi – Moda com fitas
  • 15h15 às 16h15: Chica Chicó – Turbante com fitas
  • 16h30 às 17h30: Vitória Quintal – Customização de sacola com fitas

Quarta, 7 de agosto 

Das 10h às 18h

  • 10h15 às 11h15: Chica Chicó – Laço infantil com fitas 
  • 11h30 às 12h30: Marcelo Darghan – Lembrancinha para o Dia dos Pais
  • 12h45 às 13h45: Carol Mayumi – Moda com fitas
  • 14h às 15h: Chica Chicó – Turbante com fitas
  • 15h15 às 16h15: Vlady – Caderno trançado com fitas
  • 16h30 às 17h30: Vitória Quintal – Customização de sacola com fita

*Dados informados pela Fitas Progresso.

Deixe um comentário

Skip to content