Não é segredo para ninguém o quanto ter um bicho de estimação faz bem para a alma, certo? Seja qual espécie for, eles fazem um bem enorme para a nossa saúde e bem-estar, afinal não tem coisa melhor do que chegar em casa depois de um dia cansativo e ganhar um carinho dos nossos pets.

Porém, antes de ter um animal em casa, vários fatores precisam ser levados em consideração. O primeiro deles é adotar e não comprar! Existem muitos animais precisando de um lar e a adoção responsável deve fazer parte disso. Bichos não são produtos e ao adquiri-los como mercadorias, acabamos incentivando um comércio injusto de seres que têm sentimentos como qualquer humano.

Adoção responsável

Entretanto, para adotar um bichinho, também é necessário seguir alguns passos. Você levará para casa um amigo que exige cuidados e atenção, mas que em troca te dará o maior amor do mundo. Confira algumas dicas para uma adoção responsável.

Adoção Responsável: siga nossas dicas!
Adoção Responsável: siga nossas dicas!

1 – Procure uma ONG de confiança

Hoje já existem inúmeras ONGs honestas que estão cheia de amigos para doação e que ainda te ajudarão no processo de adoção.

2 – Você está preparado?

Como já dissemos acima, ter um bicho em casa exigirá um bom tempo da sua rotina e da sua família. Antes de mais nada: todos estão de acordo com a adoção? Sua casa tem espaço suficiente, adequado e confortável? Você está ciente dos gastos com alimentação, vacinas, consultas veterinárias? Tem tempo para passear, brincar, dar carinho e atenção? Todos esses fatores precisam ser muito bem pensados antes de adotar um animal.

3 – Adotou? Castre!

Seja qual for o filhote, eles são fofos! Mas, nem sempre conseguimos ficar com todos e, ainda, ao doar, corre-se o risco do abandono e maus tratos. Assim, a adoção responsável também precisa levar em consideração a castração do seu bichinho assim que possível. Castrar faz um bem enorme para a saúde do pet, prevenindo doenças, além de evitar crias indesejadas. 

4 – Filhote ou adulto?

Independente da idade, todos os animais devem ter cuidados integrais, mas se você está na dúvida sobre a idade na hora de adotar lembre-se: filhotes são cheios de energia e exigem bastante paciência. Já os mais adultos podem ter problemas de saúde pela idade, mas contam com a personalidade já formada o que facilita na hora de escolher um perfil que seja de acordo com da sua família. Seja novo ou mais velho, amor não irá faltar.

5 – Eduque

Não é difícil ouvirmos por aí que algumas pessoas abandonaram seus bichos por conta de mau comportamento. Assim, ao adotar um amigo, é importante educá-lo para que a convivência seja benéfica para todos. Muitos comportamentos errados podem ser modificados. Para os cães, por exemplo, é possível contar com a ajuda de um adestrador. O fundamental é ter paciência e persistência. 

Adoção responsável é valorizar a vida. Adote e não compre!

Deixe um comentário

Skip to content